Tempos Verbais

All Rights Reserved ©

Carta ao Meu Eu-Futuro

Carta Ao Meu Eu-Futuro

Caro Eu-Futuro,

É quase que incontrolável o desejo de saber como lhe vão as coisas, mas sei que não as me dirá, sei também que é por zelo que não o fará, jamais por desconsideração ou rancor, pois isso, ao menos nós para conosco, não devemos.

Mas antes que comigo se irrite ou me maldiga, peço que se atente com um pouco de esforço, pois é apenas sobre coisas da nossa vida, que talvez já saiba, e que julgo importantes de serem mantidas na mente, ou ao menos relembradas, que lhe escrevo. Talvez lhe pareça que são de justificações daquilo que lhe causarei que lhe falo, mas não entenda assim, pois, em muitos dos casos, não todos, nem ainda o sei.

Talvez não seja todo o possível para melhorar as coisas que eu tenha feito, mas é o todo que, neste momento, consigo entender como necessário. Quis eu ser seu herói salvador, estar daqui fazendo para você como para o filho faz o dedicado pai cuidadoso. Mas é justamente quando olho para o que fomos que entendo que não é bem assim que as coisas se desenrolam. Algumas coisas melhoram, outras pioram e estagnam-se outras. Há erros que aprendemos a evitar, outros que insistimos em cometer – com diferentes intensidades, é bem verdade – e outros novos que a nós teimam a surgir e a aterrorizar. Já não sei se é com conformação ou simples aceitação que os recebo, mas sei que nada disso foi o que para nós previ e busquei. Confesso que melhor já é do que tivemos, sem querer por baixo nivelar ou a mim justificar – já o fazendo.

Assim sendo, é com todo remorso do fracasso e o aperto angustiante da esperança de boas-novas, que lhe despejo minhas falhas, lhe condeno com meus erros, lhe amaldiçoo com meus fantasmas, lhe coroo com a responsabilidade da nossa continuidade e, acima de tudo, lhe tanjo com minhas alegrias, das quais, imploro, nunca venha a se esquecer.

Não se esqueça, também, do que somos e do que fomos. Ponha-se sempre a olhar para trás, para o meu hoje, para que possa adiante sempre caminhar, como hoje o faço eu, por nós!

São Paulo, 22 de setembro de 2010.

Continue Reading Next Chapter

About Us

Inkitt is the world’s first reader-powered publisher, providing a platform to discover hidden talents and turn them into globally successful authors. Write captivating stories, read enchanting novels, and we’ll publish the books our readers love most on our sister app, GALATEA and other formats.